page header

A principal questão com os vernizes usados no passado é a incapacidade de aplicar cores interessantes e variadas. A maioria das aplicações era obrigada a usar acabamentos claros, pois as cores inconsistentes só eram boas o suficiente para os produtos de menor qualidade.

Havia outros problemas também, o poder de penetração desses processos eletrolíticos é tipicamente pobre e, portanto os designers ficavam limitados com a complexidade do produto pronto. Também, atingir a resistência ao desgaste suficiente devido a pouca adesão entre o metal final (frequentemente prata ou níquel) e o revestimento de verniz era difícil.

MOLPLUS, um verniz inovador da COVENTYA, que supera todos estes problemas.  Especificamente projetado para esta aplicação, o MOLPLUS oferece adesão excepcional para todos os substratos metálicos, bem como, incomparável poder de penetração. O resultado final é uma espessura consistente de filme e cor que permite o design e o acabamento da joia mais complexa.

Os desafios técnicos, que este segmento do mercado enfrenta, estão se tornando mais importante de superar devido ao uso reduzido de níquel como uma subcamada. Levando aos fabricantes de joias e designers explicarem esta mudança dramática enquanto mantêm o desempenho do artigo acabado. Eles descobriram que os vernizes cataforéticos MOLPLUS oferecem um grande número de benefícios para seus artigos.

Volta
Compartilhe este artigo: