page header
Há muitos desafios na vida de um parafuso. Resistir à multifuncionalidade é uma obrigação.

Os problemas de funcionamento induzidos por corrosão, tal como montagem e desgaste, bem como o afrouxamento não intencional de uma conexão pode ser prevenido por um sistema de multicamada para proteção contra corrosão. Uma primeira camada de zinco ou zinco liga fornece a proteção de corrosão catódica, uma camada de conversão de Cr (III) e finalmente, o top coat que complementa o sistema. Sendo que o top coat é a única camada em contato direto com o ambiente, significativamente influencia as propriedades de todo sistema de proteção contra corrosão. Estes incluem a resistência aos produtos químicos e corrosão, a adaptação da força de atrito entre o elemento de conexão e o respectivo componente, bem como, as outras propriedades. O progresso dinâmico técnico dos últimos 20 anos no setor automotivo conduziu à maior exigência de qualidade para o revestimento de superfície dos elementos de conexão. As tendências são redução de peso, maior proteção contra corrosão e novos materiais de combinações. Isto tem resultado em materiais mais duros, maior carga térmica e um controle mais sofisticado dos valores de atrito, que pode ser testado com métodos analíticos mais avançados. Em paralelo, a demanda para aspecto decorativo mais duradouro está aumentando.

Não está ficando mais fácil para os parafusos. No entanto, com uma nova geração de top coats especificamente adaptados para parafusos eletro-revestidos, a COVENTYA está pronta para atender aos requisitos futuros dos parafusos automotivos de alto desempenho.